O Amor. Ah, o amor…
Todos os dias pessoas reclamam que não encontram o grande amor de suas vidas. Não encontram? Não procuram? Não sabem o que procuram? Encontraram e não reconheceram? Encontraram e não souberam valorizar?
O amor é um dos maiores temas de todas as épocas. Sobre ele muito se escreveu e se escreverá. As abordagens vão desde o romantismo adolescente e apaixonado à cumplicidade madura dos casais mais experientes.
Um erro comum é acreditar na união de duas “metades da laranja” que se completam. Seres humanos serão sempre “metades” diferentes, que juntas jamais formarão uma unidade, mesmo nos casos de amor mais lindos que você conheça. Somente duas pessoas “inteiras” podem se encontrar e ser felizes. 
Ninguém além de você é responsável por sua felicidade. Outras pessoas podem colaborar, mas ninguém pode ser feliz por você. Buscar a felicidade na outra metade seria delegar para outra pessoa a difícil responsabilidade de te fazer feliz e de suprir faltas que sua personalidade apresenta e que só podem ser supridas por você, pelo seu próprio crescimento!
Reflita sobre isto!
Paz e Alegria

Compartilhe esse post:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no tumblr

Um pouco mais sobre o editor...

Airton Maia

- Fundador & Editor

Oi! Sou Airton Maia, gosto de compartilhar o bem, sou um entusiasta embora sou horrível para escrever, esse foi o intuito desse blog, tentar evoluir e ajudar outros a pensarem diferente cada um no seu tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *